O Evangelho no lar

Escrito por: David Mukasey - 27/01/2021

O Evangelho no lar é um presente de Deus para nossa casa.


Ao fazer o evangelho no lar, muitas bençãos são derramadas em nosso lar.


Os benfeitores espirituais do evangelho em nossa casa higienizam e energizam todo o ambiente.


As pessoas mais sensiveis podem ate sentir uma melhora no astral da casa durante a semana pós realização do evangelho.


É um momento de reflexão, onde reunimos a familia para conversarmos e refletirmos sobre nossa conduta frente aos ensinamentos de Jesus.


Segue aqui um link com roteiro de como realizar o evangelho no lar:


http://institutoandreluiz.org/evangelho_no_lar.html

Perguntas Frequentes


Quem pode participar?


Todos membros da familia podem participar.



Se um da minha familia não quiser participar?


Não tem problema, nunca force ninguem a participar apenas de vez em quando estenda-lhe o convite.



Se só eu quero fazer e ninguem da minha familia quer participar?


Faça você mesmo, lembre-se que voce nunca está sozinho, porem escolha um canto calmo da casa e faça a leitura e comentarios em voz alta, pois outros espiritos encontram-se ali.


Se receber uma visita bem na hora do Evangelho?


Convide-os a participar explicando-lhes sobre a rotina do procedimento e das etapas do trabalho.


Se não puder fazer o evangelho por diversos motivos?

Faça uma prece horas antes avisando do impedimento de preferencia avise os benfeitores no evangelho da semana antecessora
Ex: se não puder fazer no dia 08/12 avise os benfeitores no Evangelho do dia 01/12 (1 semana antes).






Se você gostou do artigo, ele é assinado pelo terapeuta:

 David Mukasey

Contate-o para mais detalhes ou terapias.
O conteúdo acima é de total responsabilidade do terapeuta afiliado que assina o mesmo, qualquer irregularidade comunique-nos através do link contato.
O Portal EnergiaEssencial.com.br não se responsabiliza pelo conteúdo acima postado.

Consulte sempre seu médico, não aconselhamos interrupções nos tratamentos médicos, a terapia holística não subsititui a medicina tradicional mas é tratamento auxiliar.


Compartilhar no Facebook