MANIFESTO EM DEFESA DA VIDA. ABORTO, NÃO!

Escrito por: David Mukasey - 27/01/2021

MANIFESTO EM DEFESA DA VIDA. ABORTO, NÃO!

A FEP - FEDERAÇÃO ESPÍRITA PERNAMBUCANA no exercício de suas atribuições como órgão federativo de Unificação do Movimento Espírita organizado em nosso Estado, considerando que:

a) Assenta suas ações nas bases irremovíveis do Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo e da Codificação do Espiritismo, organizada por Allan Kardec.

b) Reconhece a Vida Humana desde a concepção.

c) Respeita a liberdade de cada criatura dispor sobre sua vida, desde que não comprometa a vida de outras pessoas.

d) Defende a inviolabilidade do Direito à Vida como um bem inalienável do Ser Humano, que deve ser garantido desde a concepção, daí a ninguém ter o direito de tirá-la, pois a Vida antecede ao Direito;

e) Pondera que o aborto, mesmo legalizado no Mundo, é um ato falho do Espírito Imortal encarnado na Terra, por ainda não ter consciência de sua imortalidade e que ninguém deve praticá-lo seja no regime das convenções humanas ou fora delas. (Chico Xavier - Lições de Sabedoria).

 

Dessa forma, a FEP dá CIÊNCIA a todos os espíritas, associações espíritas e à Sociedade em geral do seu mais veemente repúdio e discordância à deliberação tomada no início do mês de março/2013, pelo Conselho Federal de Medicina (CRM) e pelos 27 conselhos regionais que por maioria se posicionaram, oficialmente, a favor da licitude da autonomia da gestante e do médico em interromper a gravidez (aborto) até o 3º mês de gestação, por entender que tal deliberação e seu encaminhamento à comissão de 15 juristas que analisa a Reforma do Código Penal Brasileiro (PLS 236/2012), atualmente em tramitação no Congresso Nacional, abre precedente grave para uma possível aprovação da prática do abortamento no Brasil. Atualmente, em nosso País, a interrupção da gravidez só é permitida em caso de estupro, anencefalia e risco de morte para a mãe.

Causa-nos perplexidade, por conseguinte, que os profissionais médicos que têm como dever a preservação da Vida sejam favoráveis a sua interrupção quando ela já está em andamento, pois assim desejam a gestante ou mesmo o médico. Essa deliberação, salvo melhor juízo, está em total desacordo com as Leis de Deus e com a LEI Nº 10.406, de 10 de Janeiro de 2002 e do Código Civil Brasileiro, no seu Artigo 2º, que põe a salvo os direitos do nascituro, desde a concepção.

Neste momento, nós espíritas e cidadãos brasileiros coerentes com os ensinamentos de JESUS e em particular com as revelações trazidas pelo ESPIRITISMO, não podemos ficar passivos e abdicarmos de nossa responsabilidade no processo de iluminação da consciência das pessoas. Elas precisam tomar conhecimento dos danos causados pela prática do aborto. Danos que não só atingem o Espírito que anseia e precisa de uma nova encarnação, mas projetam momentos futuros de dor e sofrimento para os que praticam o abortamento. FEDERAÇÃO ESPÍRITA PERNAMBUCANA ENTIDADE FEDERATIVA ESTADUAL – 1904 – Instituição Centenária – 2004

Av. João de Barros, 1629 – Espinheiro – Recife – PE CEP 52021-180 Fone/Fax (81) 3241-2157 – (81) 3426-3615 – 3427-6904 CNPJ – 11.001.120/0001-20 – INSCRIÇÃO ESTADUAL - Isenta www.federecaoespiritape.org E-mail: presidencia@fepernambucana.org

Elas precisam tomar conhecimento dos danos causados pela prática do aborto. Danos que não só atingem o Espírito que anseia e precisa de uma nova encarnação, mas projetam momentos futuros de dor e sofrimento para os que praticam o abortamento.

Assim, seguindo as orientações da FEB - FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA a FEP – FEDERAÇÃO ESPÍRITA PERNAMBUCANA vem solicitar aos Centros Espíritas de Pernambuco:

a) Intensificarem o número de palestras públicas dentro e fora de sua sede com a abordagem de temas relacionados com o aborto na visão espírita.

b) Realizarem fóruns de debates, abertos a seus frequentadores e ao público em geral, sobre temas relacionados com o aborto e suas consequências espirituais segundo o Espiritismo.

c) Elaborarem ou buscarem reproduzir mensagens esclarecedoras sobre os danos causados à Criatura Humana pela prática do aborto sejam elas as vítimas ou seus praticantes. Que essas mensagens sejam distribuídas junto aos frequentadores dos centros e a sociedade em geral, principalmente por ocasião da Campanha do Quilo, se a instituição realiza essa atividade;

d) Buscarem realizar atividade de esclarecimento e estudo sobre o aborto nas reuniões de mocidades espíritas existentes nos seus Departamentos de Infância e Juventude;

e) Veicularem e/ou incentivarem seus frequentadores a promoverem, via redes sociais, esclarecimentos sobre a visão espírita do aborto.

Dessa forma, a FEDERAÇÃO ESPÍRITA PERNAMBUCANA conclama todos a nos unirmos em DEFESA DA VIDA, em especial da vida daqueles que têm direito de tê-la e encontram-se indefesos dentro do útero materno cujos responsáveis, por ignorância, o rejeitam.

Leia na integra o Manifesto em: http://federacaoespiritape.org/wp-content/uploads/2013/03/Campanha-em-de...

Fonte da foto: Federação Espírita Penambucana Entidade Federativa

Se você gostou do artigo, ele é assinado pelo terapeuta:

 David Mukasey

Contate-o para mais detalhes ou terapias.
O conteúdo acima é de total responsabilidade do terapeuta afiliado que assina o mesmo, qualquer irregularidade comunique-nos através do link contato.
O Portal EnergiaEssencial.com.br não se responsabiliza pelo conteúdo acima postado.

Consulte sempre seu médico, não aconselhamos interrupções nos tratamentos médicos, a terapia holística não subsititui a medicina tradicional mas é tratamento auxiliar.


Compartilhar no Facebook